Menu

Euodeio.NET

Get off my lawn.

Coisas que fiz

Pode passar por um currículo, vai saber.

WKVE (Governador Valadares - MG)

(2014-...)

Trabalhando na equipe de gerência de redes. Roteadores, rádios, etc. Miscelânea de qualidade de equipamentos (Juniper, Mikrotik, Dell, Ubiquiti, Ceragon, Comba), mas é legal o trabalho. Não escapei de herdar administração do servidor de email e hospedagem (aff... cpanel).

Optica (Volta Redonda - RJ)

(2009-2014)

Dando umas futricadas em microcontroladores, pra alarmes, centrais telefônicas, e rastreamento via satélite (GPS) e interface de mapas. Coisa massa. No fim das contas acabei até fazendo instalação de rastreador.

Isso além do básico, programação, Delphi.

Eligere (Conselheiro Lafaiete - MG)

(2007-2010)

Sócios antigos e novos. Produto: chamadas telefônicas automatizadas, para anúncio ou pesquisa (digite 1 para fulano ou azul).

Fizemos algumas pesquisas automáticas para eleições, por telefone, em 2008 e 2010, e funcionaram muito bem. O produto ficou bem legal.

No final de 2010 a Eligere ficou em estado congelado, já que o produto estava além do seu tempo e ninguém o compreendia bem. Sócios não estavam se entendendo, todo mundo descapitalizado.

Integra (Belo Horizonte/Lagoa Santa - MG)

(2006-2007)

Criação de soluções de telecomunicação via IP (VoIP) para o mercado corporativo de pequeno-médio porte. Sistemas para PBX IP e comunicação interna entre filiais.

Resultado: Não deu muito certo, alguns sócios capitalistas querem cliente antes de produto finalizar e dinheiro antes de cliente. Aí fica difícil.

Clique Seguro (Conselheiro Lafaiete - MG)

(2004-2006)

Com os dois sócios da Rantac e mais um amigo de fora, desenvolvemos um produto de segurança na internet, principalmente bancária.

Resultado: Deu tão certo que um grande banco ESTATAL que não vou falar o nome, copiou nosso produto após a demo, e nenhum outro mais quis o produto por ser “igual ao do banco X” :( Tá na justiça. Diz a lenda que o pagamento da indenização pelos danos materiais/morais vai ser alto, quem sabe os netos dos outros sócios, e os que eu não tiver, vão receber.

Rantac (São João da Boa Vista - SP)

(2003-2004)

Sociedade com Roberto e Manoel de Conselheiro Lafaiete, conhecidos por eu ter prestado consultoria antes para o provedor deles lá. A Rantac era um provedor bacana de se trabalhar, que tinha um esquema de “franquia” em 10 cidades satélite da sede, e estava passando um pouco de dificuldades após a saída do franqueador UOL.

Administrei os servidores da rede, botei ferramentas, monitoramento, tudo de legal, e até ajudei a configurar outlook e wireless. A rede era muito boa e o serviço excelente.

Resultado: Os clientes do provedor foram “vendidos” para uma grande empresa de hospedagem. Só ficaram os emails e sites basicamente… Mas boas lembranças de lá.

Haxent (Curitiba - PR)

(2001-2003)

Com a galera que saiu da Conectiva mais ou menos à mesma época, fizemos uma empresa de consultoria e desenvolvimento, voltado a tudo referente a TI. Cada um se voltava para o que sabia fazer de melhor, e foi bem legal.

Saí com mais um dos sócios, para a Rantac, pois parecia um negócio legal na época.

Conectiva (Curitiba - PR)

(1998-2001)

Uma empresa voltada totalmente ao Linux. NERDS. Até os fundadores. Costumava ser uma empresa legal de se trabalhar, antes de ser um mega conglomerado frio e calculista, quando a sociedade começou a incluir capitalistas… snif.

Passei por cargos no suporte técnico, coordenação do suporte, equipe de testes e qualidade, scripts de desenvolvimento e pacotes RPM.

Resultado: tchau eliphas, estamos fazendo downsizing. A Mandrake juntou com ela e nunca mais instalei ou vi alguém usando nem um nem outro sistema... virou Mandriva, depois sumiu.

Antes disso

Bah, não vou escrever a minha vida inteira aqui. Nada muito interessante né.

Escrito por Eliphas em Saturday October 22, 2016

Link permanente - Group: Meta group

« Sobre mim